sábado, 12 de agosto de 2017

COMO TER UM CORAÇÃO NOVO


COMO TER UM CORAÇÃO NOVO

“E dar-vos-ei um coração novo, e porei dentro de vós um espírito novo; e tirarei da vossa carne o coração de pedra, e vos darei um coração de carne.” (Ez:36:26).

Todos nós já ouvimos falar em pedra nos rins ou em pedra na vesícula. Claro que sim que já ouvimos.  Mas, eu tenho certeza que muitos poucos têm conhecimento da existência de pedra no coração. É isso mesmo, pedra no coração. É assim que o “doutor” profeta Ezequiel diagnosticou a enfermidade do povo de Deus em seus dias.

Eles estavam sofrendo dessa terrível e sombria doença: pedra no coração, ou antes, um coração de pedra. Mais próximo de nós o famoso escritor Machado de Assis, em vez de coração de pedra, cria uma expressão congênere: "Coração de granito" ou seja, corações petrificados. Quais são as suas sintomatologias? Você sabe quais são as sintomatologias deste problema?

1. Insensibilidade Diante das Maravilhas de Deus.

O Salmo 53.1 assegura: “... Disse o néscio no seu coração: Não há Deus. ...”(Sl 53:1).
Mas o Salmo 19.1 afirma categoricamente: “Os céus declaram a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra das Suas mãos.” (Sl 19:1).

Mas o coração de granito ou de pedra não vê nada disso. Ele olha para o céu e só vê nuvens negras, problemas, dificuldades; não enxerga nada das belezas e maravilhas de Deus.

O profeta Ezequiel estava rodeado de pessoas com um coração de petrificado; eram pessoas ingratas a Deus; eles estavam cegos demais para ver as maravilhas de Deus na história de suas próprias vidas. Israel atravessou o Mar Vermelho a pés enxutos, mas isso não diz nada ao coração de endurecido, petrificado,  e ainda enlameado com a idolatria, com as imodalidades sensuais e imorais como também culto aos ídolos e com toda apostasia reinante na nação.

Israel é sustentado 40 anos no deserto, mas isso nada diz ao coração dos hebreus. Seus corações estavam pedrados e embrutecidos para perceber as maravilhas de Deus em favor de Seu povo.

2. Insensibilidade diante da maravilhosa graça
e do grande amor de Deus.

Em João 3.16 e Romanos 5.8, o Espírito Santo, falando por meio de seus servos João e Paulo, respectivamente, nos dizem que, por amor, Jesus enfrentou a cruz, sofreu as terríveis e cruentas realidades do calvário. Bebeu o triste e ensanguentado cálice do sofrimento; sofrimento repulsivo, sofrimento moral e físico. Mas o coração de pedra não percebe os espinhos em Sua fronte, os pregos em Suas mãos e pés. Não se dá conta do alto preço que o Filho de Deus teve que pagar para que nós, miseráveis criaturas, pudéssemos receber o favor de Seu amado Pai. Nada da história de Jesus lhes toca, lhes impressiona, e isto, por uma simples razão: seus corações estão obturados, duros como pedra – são corações de granito mesmo.

3. Insensibilidade Diante da Gravidade do Pecado.

Uma característica de nossa geração é a sua indiferença para com o pecado. Nada pode ser pior para uma sociedade do que isso.

Zombava-se do pecado antes de Noé. Resultado: Dilúvio. Zombava-se do pecado em Sodoma e Gomorra. E, estas, foram varridas do mapa. Zombava-se do pecado nos Reinos do Norte e do Sul. Resultado: o do Norte, levado cativo para a Assíria, o do Sul, levado cativo para a Babilônia. Zomba-se do pecado hoje no Brasil... Se você fala do pecado, as pessoas riem, a televisão ironiza, os intelectuais pigarreiam. Resultados? Os principais jornais estão aí para apoiar a loucura de tais atos libidinosos e insanos como se não o fossem; mas a palavra de Deus nos assegura: "O salário do pecado é a morte". Como brasileiros, crescemos numa cultura em que somos condicionados a crer que sempre há um jeitinho à parte para lidar com todas as situações rígidas. E assim pensamos em referência ao pecado. Por isso, muitos de nós cristãos tupiniquins, nos achamos muito espertos, pensamos que podemos zombar do pecado sem pagar o preço que isso exige. Mas a Palavra de Deus diz tácita e categoricamente: “Não vos enganeis: de Deus não se zomba; pois aquilo que o homem semear, isso também ceifará” (Gálatas 6:7). Nunca em nosso meio tivemos tantos casos de pedra no coração ou coração de pedra. Beira à insanidade o que se fazem hoje em nome de Deus, achando tais mercenários que Deus não está vendo. É bem verdade que o Senhor Jesus nos adverte que o joio nasce no meio do trigo e chegará o dia em que o próprio Senhor Jesus fará a separação colhendo somente o trigo e deixando o joio para o fogo.

4. Insensibilidade diante da maravilha da Palavra de Deus.

Palavra que "para sempre permanece no céu" (Sal 119:89). Para o coração de pedra, a Bíblia é mais um livro no mercado editorial. Quando muito, é um livro de bolso, de prateleira, não serve nem para ter em seus aparelhos modernos de tecnologia. Não atentam para sua importância. Deixam-na por qualquer programa supérfluo. Esquecendo-se das maravilhosas palavras do Senhor Jesus “... Errais, não conhecendo as Escrituras, nem o poder de Deus.” (Mt 22:29). Negociam-na por qualquer valor. Desprezam-na não percebendo que ela é a única forma de nós permanecermos firmes servindo ao Senhor.

5. Insensibilidade Diante da Urgência da Salvação.

Outro sintoma do coração de endurecido, petrificado é ir prorrogando o dia de sua salvação. Lemos em Hb 3.7-8: “ 7 Portanto, como diz o Espírito Santo: Se ouvirdes hoje a sua voz, 8 Não endureçais os vossos corações, ....” (Hb 3:7-8).
Mas o coração de petrificado pela sua propria ignorância não atenta para o tempo que passa. Ele ignora que cada minuto sem Jesus é um crime contra a própria alma. Alguns anos atrás, um avião caiu no aeroporto de Orly, em Paris. 122 pessoas morreram. A amargura foi maior quando as autoridades revelaram que apenas um minuto e meio seriam suficientes para a aterrissagem e consequente salvamento das vítimas. Só um minuto e meio. Sim, o tempo é muito importante.

Montaigne, conta uma história que retrata bem isso: "O rei Arquias, de Tebas, estava num banquete quando um mensageiro lhe entregou uma carta, enviada por um amigo. Por fora estava escrito: ‘Leia logo. É muito importante' Mas Arquias disse aos amigos: ‘Ora essa, coisas importantes ficam para amanhã'. Guardou a carta para ler no outro dia. Na manhã seguinte encontraram seu cadáver, crivado de punhaladas. Ao lado estava a carta. Alguém a abriu e leu: ‘Meu caro, conjuro-te a sair depressa de casa porque aí te espera o punhal de um assassino".

Queridos amigos de coração de pedra , não brinque com o tempo. Como diz a Bíblia, “Não presumas do dia de amanhã, porque não sabes o que ele trará.” (Pv 27:1). Convide Jesus a fazer em você uma cirurgia no seu coração e entre no tempo de um novo coração abençoado por Deus. Um tempo em que você terá prazer em viver e servir, com um coração novo , alegre e renovado. Ele vai arrancar o seu coração de pedra e no lugar porá um de carne. Mas faça isso, hoje, agora mesmo, creia nisto e aceite a Jesus como Salvador e Senhor de sua vida.

Jesus Cristo é o único Caminho. Jesus Cristo é a Verdade, Jesus é a Vida, Ele é a resposta para você.

COM JESUS É SÓ VITÓRIA.

PR. WALDIR PEDRO DE SOUZA
BACHAREL EM TEOLOGIA, PASTOR E ESCRITOR



A FIDELIDADE É DESAFIADA

 A FIDELIDADE É DESAFIADA

A FIDELIDADE DOS RECABITAS.

Os Recabitas eram uma seita ou ordem religiosa, que teve o seu princípio em Jonadabe, filho de Recabe. Os princípios dos recabitas consistiam numa reação e protesto contra o luxo e a licenciosidade que, no reinado de Acabe e Jezabel, ameaçavam destruir inteiramente a simplicidade da antiga vida nômade de Israel.

Em conformidade com as suas idéias, os recabitas não bebiam vinho, nem edificavam casas, nem semeavam grão, nem plantavam vinhas, nem possuíam coisa alguma. Habitavam em tendas, em memória de terem sido estrangeiros na terra. Pelo espaço de dois séculos e meio eles cumpriram fielmente as suas normas; mas, quando Nabucodonosor invadiu Judá, no ano 607 (a.C.), tiveram então que abandonar as suas tendas.

QUEM ERA RECABE.

1.  Pai de Jonadabe (2 Rs 10.15,23; Jr 35.6 a 19); está em conexão com os queneus (1 Cr 2.55).

2. Um guerreiro que, com o seu irmão Baaná, assassinou Is-Bosete, filho de Saul. Depois foram mortos por ordem de Davi, por terem praticado aquele homicídio (2 Sm 4.2).

3. O pai ou antepassado de Malquias, governador do distrito de Bete-Haquerém (Ne 3.14), que foi nomeado para reparar a Porta do Monturo, nas fortificações de Jerusalém, sob a direção de Neemias.

Vejamos o que diz o profeta Jeremias sobre os Recabitas.

JEREMIAS 35   - OS RECABITAS

Jr 35.1 A palavra que da parte do Senhor veio a Jeremias, nos dias de Jeoiaquim, filho de Josias, rei de Judá, dizendo:
Jr 35.2 Vai à casa dos recabitas, e fala com eles, introduzindo-os na casa do Senhor, em uma das câmaras, e lhes oferece vinho a beber.
Jr 35.3 Então tomei a Jaazanias, filho de Jeremias, filho de Habazínias, e a seus irmãos, e a todos os seus filhos, e a toda a casa dos recabitas,
Jr 35.4 e os introduzi na casa do Senhor, na câmara dos filhos de Hanã, filho de Jigdalias, homem de Deus, a qual estava junto à câmara dos príncipes que ficava sobre a câmara de Maaséias, filho de Salum, guarda do vestíbulo;
Jr 35.5 e pus diante dos filhos da casa dos recabitas taças cheias de vinho, e copos, e disse-lhes: Bebei vinho.
Jr 35.6 Eles, porém, disseram: Não beberemos vinho, porque Jonadabe, filho de Recabe, nosso pai, nos ordenou, dizendo: Nunca jamais bebereis vinho, nem vós nem vossos filhos;
Jr 35.7 não edificareis casa, nem semeareis semente, nem plantareis vinha, nem a possuireis; mas habitareis em tendas todos os vossos dias; para que vivais muitos dias na terra em que andais peregrinando.
Jr 35.8 Obedecemos pois à voz de Jonadabe, filho de Recabe, nosso pai, em tudo quanto nos ordenou, de não bebermos vinho em todos os nossos dias, nem nós, nem nossas mulheres, nem nossos filhos, nem nossas filhas;
Jr 35.9 nem de edificarmos casas para nossa habitação; nem de possuirmos vinha, nem campo, nem semente;
Jr 35.10 mas habitamos em tendas, e assim obedecemos e fazemos conforme tudo quanto nos ordenou Jonadabe, nosso pai.
Jr 35.11 Sucedeu, porém, que, quando subia Nabucodonosor, rei de Babilônia, contra esta terra, dissemos: Vinde, e vamo-nos a Jerusalém, por causa do exército dos caldeus, e por causa do exército dos sírios; e assim habitamos em Jerusalém.
Jr 35.12 Então veio a palavra do Senhor a Jeremias, dizendo:
Jr 35.13 Assim diz o Senhor dos exércitos, o Deus de Israel: Vai, e dize aos homens de Judá e aos moradores de Jerusalém: Acaso não aceitareis instrução, para ouvirdes as minhas palavras? diz o Senhor.
Jr 35.14 As palavras de Jonadabe, filho de Recabe, pelas quais ordenou a seus filhos que não bebessem vinho, foram guardadas; pois não o têm bebido até o dia de hoje, porque obedecem o mandamento de seu pai; a mim, porém, que vos tenho falado a vós, com insistência, vós não me ouvistes.
Jr 35.15 Também vos tenho enviado, insistentemente, todos os meus servos, os profetas, dizendo: Convertei-vos agora, cada um do seu mau caminho, e emendai as vossas ações, e não vades após outros deuses para os servir, e assim habitareis na terra que vos dei a vós e a vossos pais; mas não inclinastes o vosso ouvido, nem me obedecestes a mim.
Jr 35.16 Os filhos de Jonadabe, filho de Recabe, guardaram o mandamento de seu pai que ele lhes ordenou, mas este povo não me obedeceu;
Jr 35.17 por isso assim diz o Senhor, o Deus dos exércitos, o Deus de Israel: Eis que trarei sobre Judá, e sobre todos os moradores de Jerusalém, todo o mal que pronunciei contra eles; pois lhes tenho falado, e não ouviram; e clamei a eles, e não responderam.
Jr 35.18 E à casa dos recabitas disse Jeremias: Assim diz o Senhor dos exércitos, o Deus de Israel: Pois que obedecestes ao mandamento de Jonadabe, vosso pai, guardando todos os seus mandamentos e fazendo conforme tudo quanto vos ordenou;
Jr 35.19 portanto assim diz o Senhor dos exércitos, Deus de Israel: Nunca jamais faltará varão a Jonadabe, filho de Recabe, que assista diante de mim.

Diante da fidelidade daquele povo, que eram uma família unidade, Deus deu a eles grandes promessas por causa da fidelidade deles.

A sua, a minha,  a nossa fidelidade para com Deus e os princípios basilares da fé Cristã, estão sendo provadas e desafiadas a cada instante diante de uma sociedade corrompida que valoriza mais o erro dos errados do que os acertos dos honestos e sinceros.

A coisa mais fácil de se fazer para não ser perturbado é você ficar quieto, calado e se conformar com os erros dos errados do que confrontar ou deixar-se ser confrontado para mostrar ao mundo ao seu redor ou da sua convivência que o modernismo social,  porém imoral, é totalmente inverso ao que nos traz tranquilidade na alma e paz de espírito por sermos fiéis aos nossos princípios Cristãos e que nada nos separará do amor de Cristo.

No texto acima do Profeta Jeremias capítulo 35 nós vemos que a fidelidade dos Recabitas foi desafiada,  porém eles não quebraram o concerto de seus antepassados,  foram fiéis a Deus e aos seus princípios.

Pr. Waldir Pedro de Souza
Bacharel em Teologia, Pastor e Escritor.



terça-feira, 8 de agosto de 2017

LIDERANÇA COM CARÁTER E PERSONALIDADE


LIDERANÇA COM CARÁTER E PERSONALIDADE

Vejamos como é uma liderança com caráter e personalidade de um verdadeiro líder. A liderança revela o caráter e a personalidade do líder e vice-versa, não se dissociam.

Treze traços de caráter e personalidade de um verdadeiro líder. 

Aprendendo a liderar. Em todo tempo um verdadeiro líder com caráter e personalidade estará aprendendo simultaneamente junto com sua equipe de liderados.

1. Aprenda a ser forte mas não grosseiro.
    Nunca subestime ou maltrate seus liderados; valorize-os.

2. Aprenda a ser gentil mas não fraco.
    Nunca envergonhe seus liderados. Elogie-os.

3. Aprenda a ser ousado mas não valentão.
    Nunca despreze os contradizentes. Instrua-os
    naquilo que é correto. Nunca se exaspere.

4. Aprenda a ser humilde mas não tímido.
    Nunca deixe dúvidas sobre seu caráter,
    sua liderança, sua personalidade. 
    Honre para ser honrado.

5. Aprenda a ser altaneiro mas não arrogante.
    Nunca seja um que dê péssimos exemplos.
    Repreender qualquer um de seus liderados
    publicamente não deve ser feito, nem com 
    fortes motivos para tal, se assim não acontecer 
    será tido como ofensa para todos os seus liderados 
    e maculará sua liderança.Diversas lideranças perdem
    a oportunidade de continuar liderando 
    porque são muito arrogantes.

6. Aprenda a desenvolver humor mas com sensatez. 
    Nunca faça piadas de mal gosto com as situações
    vexatórias próprias ou dos outros. Respeite os
    limites de cada pessoa e ou de cada ambiente.  

7. Aprenda a lidar com a realidade do dia a dia
    valorizando a cada um de seus liderados.
    Nunca se sabe o que as pessoas estão
    passando ou pensando. A realidade das situações
    de cada pessoa,  as vezes, nunca é revelada.

8. Aprenda a dizer 'sim' quando é pra dizer sim.
    Não diga sim apenas para agradar e ou ficar
    livre do embate com as pessoas e ou situações.

9. Aprenda a dizer 'não' quando é pra dizer não.
    Não diga não apenas para fugir de situações
    embaraçosas e ou agradar ou desagradar seus
    liderados ou seus ouvintes, sejam eles seus
    amigos ou seus desafetos.

10. Aprenda a não discriminar ninguém: 
      diga 'não' para todos que você tiver que dizer 'não' 
      e diga 'sim' para todos que você tiver que dizer
      sim, independentemente de situações
      familiares, financeiras ou outras adversas
      como religiosas por exemplo.

11. Aprenda a nunca prometer o que não possa
     cumprir; lembre -se: promessa é dívida. Faça
     uma anotação de todas as suas promessas
     para, no tempo certo, cumpri-las. O quanto mais
     rapidamente cumprir suas promessas, mais a 
     sua liderança será tida como uma 
     liderança de sucesso.

12. Aprenda que quem promete e não cumpre
      nunca será esquecido por quem ouviu sua
      promessa. Será tido como mentiroso (a) e ou
      mercenário (a) que mesmo estando na posição
      de líder não será considerado e nem honrado como tal.

13. Aprenda que liderança com caráter e personalidade 
      é saber valorizar sua posição de líder não
      importando o tamanho do seu grupo de
      liderados. Todo líder que valoriza seus
      liderados será reconhecido (a) e terá
      seus momentos de glória. O que mais vai
      marcar uma liderança com caráter é o valor 
      e o peso da palavra empenhada.
      Palavra dita: palavra cumprida.

Conclusão:

 Você vai ser marcado e lembrado por tudo que fizer em vida. A vida é uma só.  aproveite para trabalhar seu caráter e sua personalidade para ser solidário com seus liderados. A liderança, às vezes, é a única oportunidade de você demonstrar o seu caráter e a personalidade que verdadeiramente você é. As habilidades que podem funcionar bem para uma pessoa ou liderança, pode não funcionar bem para outras situações de liderança, tenha a perspicácia de honrar o seu caráter e a sua personalidade mesmo não galgando os aplausos tão almejados.

As habilidades fundamentais de liderança podem ser adaptadas sem mudar seus princípios básicos. Para qualquer liderança funcionar bem e ser produtiva,  deve ser lembrado que a lógica do caráter com personalidade vai funcionar para qualquer um e nas diversas situações de liderança que forem conquistadas e ou  apresentadas  desde que seja uma liderança com total responsabilidade e compromisso.

Lembre sempre que: "Tudo se levanta ou cai por causa da liderança." Maxwell.

Pr. Waldir Pedro de Souza
Bacharel em Teologia, Pastor e Escritor.


sexta-feira, 28 de julho de 2017

UM REI COMIDO POR BICHOS



O REI QUE FOI COMIDO POR BICHOS
PORQUE NÃO DEU GLÓRIAS A DEUS.
 ATOS 12.1-25

É aquela velha história: Deus não divide Sua Glória com ninguém. O que está escrito, veja: A minha glória não a darei a outrem." (Isaías 48:11b). A maior besteira que alguém pode fazer é tomar para si a glória que é de Deus e foi o que fez o rei Herodes.

O rei Herodes que governava a Judeia estava agindo contra a nascitura Igreja de Jesus.

 Ele mandou matar Tiago, irmão de João e depois, como viu que estava agradando os judeus, mandou prender Pedro. O Evangelho vivia seu primeiro período de perseguição. Os ventos da perseguição assolavam os irmãos, que eram presos, espancados e maltratados até o esgotamento quase que total do sangue e suas carnes eram dilaceradas por ferozes guardas de Herodes.

Pedro teria sido executado não fosse a providencial intervenção de Jesus, que mandou um anjo libertá-lo da prisão de forma espetacular. Herodes ficou furioso quando foi comunicado que Pedro havia fugido das masmorras do Império Romano, isso soou como um insulto à autoridade de Herodes e os guardas foram açoitados, justiçados como diz o texto, afinal Pedro sumiu praticamente debaixo das barbas dos guardas que o levariam as pés de Herodes para serem executados friamente.

Era preciso fazer alguma coisa para resgatar a autoestima de Herodes e ele próprio teve uma ideia “fantástica”. Num determinado dia, Herodes vestiu suas vestes reais reluzentes e se assentou no trono do tribunal romano na Judeia e fez um belo discurso. Lá pelas tantas e já farto de tanto beber do seu vinho preferido, o povo começou a exclamar quando ele discursava suas arrogantes palavras contra os fiéis servos do Senhor Jesus com a intenção de matá-los, executá-los, na presença da multidão que gritava: “É voz de Deus, e não de homem.” (Atos 12:22). Observe que o povo não estava dizendo que Herodes era um deus, estava dizendo que Herodes era o próprio Deus.

Herodes ficou lisonjeado, todo orgulhoso, aquilo era a resposta que ele estava precisando para aplacar a vergonha de ter perdido Pedro dentro de seus cárceres. Só teve um problema: Herodes não deu glória a Deus. Herodes cometeu o erro fatal de tomar para ele a Glória de Deus, sua arrogância o cegou. Não foi uma boa ideia.

Com Deus não se brinca e no mesmo instante o anjo do Senhor feriu Herodes e ele foi comido de bichos e morreu. O “poderoso” Herodes da Judeia foi comido de vermes em vida. Deve ter sido uma cena terrível, o rei morreu na presença de todo aquele povo que, momentos antes, aclamava-o como sendo ele o próprio “Deus”.

Ficou provado que Herodes não era Deus e que o povo, com sua bajulação, causou ainda que indiretamente, a trágica morte do rei que perseguia o povo do verdadeiro Deus. Foi uma dura lição.

Hoje em dia os “poderosos” desse mundo não são mais comidos por vermes em vida, mas agonizam em sua arrogância, comidos por dentro pelo pecado. O pior é que o pecado da arrogância não atinge somente o povo que vive por conta própria, mas se espalha dentro dos arraiais cristãos com tão grande velocidade que alguns líderes chegam a dizer que só na igreja deles é que tem o poder de Deus, que só na igreja deles é que Deus opera milagres, que só na igreja deles é que o povo fica rico, que só na igreja deles é que o povo tem prosperidade, etc.

A regra é clara: não tome para você a glória que é de Deus. Isso nunca acaba bem. Nem Jesus tomou para Ele a glória de Deus Pai, veja: Por que me chamas bom? Não há bom senão um só, que é Deus." (Mateus 19:17). Viu como se faz? Aprenda loogo antes que seja tarde demais. É melhor você aparentemente passar por desgastes aqui na terra e dizer ‘Eu vi o que aconteceu com Herodes e aprendi’. É melhor aprender o quanto antes com os erros dos outros do que apanhar e se desgastar emocionalmente e fisicamente até aprender com seus próprios erros. Quando se aprende vendo onde os outros erraram, você ou qualquer outro ser humano, vão tomar mais cuidado para não ofender seu semelhante, não vão fazer aquilo que desagrada a Deus; Não se ensoberbecerão querendo ser melhor do que os outros ou ser ‘endeusado’ pelos fiéis de sua igreja.

Assim como o descrito em Daniel capítulo 4:20-37 o rei Nabucodonosor, que Deus o transformou em um animal selvagem irracional durante sete anos, porque não atribuiu a Deus a glória, Herodes foi comido por vermes pela mesma razão. A melhor maneira de glorificar o Nome de Deus é reconhecer o sacrifício de Jesus para nos salvar. Jesus deixou a Glória de Seu Pai e entregou Sua preciosa vida para pagar o alto preço dos nossos pecados, então quando você reconhece Jesus como seu Salvador, você está glorificando a Deus Pai e vai receber o Espírito Santo em seu coração. Não há bem maior na vida de um ser humano do que ser salvo e reconhecer a Jesus Cristo como único e suficiente salvador.

Vejamos o que está escrito em Atos dos Apóstolos capítulo 12.1-25.
1. E por aquele mesmo tempo o rei Herodes estendeu as mãos sobre alguns da igreja para os maltratar;
2. E matou, à espada Tiago, irmão de João.
3. E, vendo que isso agradara aos judeus, continuou, mandando prender também a Pedro. E eram os dias dos ázimos.
4. E, havendo-o prendido, o encerrou na prisão, entregando-o a quatro quaternos de soldados, para que o guardassem, querendo apresentá-lo ao povo depois da páscoa.
5. Pedro, pois, era guardado na prisão; mas a igreja fazia contínua oração por ele a Deus.
6. E quando Herodes estava para o fazer comparecer, nessa mesma noite estava Pedro dormindo entre dois soldados, ligado com duas cadeias, e os guardas diante da porta guardavam a prisão.
7. E eis que sobreveio o anjo do Senhor, e resplandeceu uma luz na prisão; e, tocando a Pedro na ilharga, o despertou, dizendo: Levanta-te depressa. E caíram-lhe das mãos as cadeias.
8. E disse-lhe o anjo: Cinge-te, e ata as tuas alparcas. E ele assim o fez. Disse-lhe mais: Lança às costas a tua capa, e segue-me.
9. E, saindo, o seguia. E não sabia que era real o que estava sendo feito pelo anjo, mas cuidava que via alguma visão.
10. E, quando passaram a primeira e segunda guarda, chegaram à porta de ferro, que dá para a cidade, a qual se lhes abriu por si mesma; e, tendo saído, percorreram uma rua, e logo o anjo se apartou dele.
11. E Pedro, tornando a si, disse: Agora sei verdadeiramente que o Senhor enviou o seu anjo, e me livrou da mão de Herodes, e de tudo o que o povo dos judeus esperava.
12. E, considerando ele nisto, foi à casa de Maria, mãe de João, que tinha por sobrenome Marcos, onde muitos estavam reunidos e oravam.
13. E, batendo Pedro à porta do pátio, uma menina chamada Rode saiu a escutar;
14. E, conhecendo a voz de Pedro, de gozo não abriu a porta, mas, correndo para dentro, anunciou que Pedro estava à porta.
15. E disseram-lhe: Estás fora de ti. Mas ela afirmava que assim era. E diziam: É o seu anjo.
16. Mas Pedro perseverava em bater e, quando abriram, viram-no, e se espantaram.
17. E acenando-lhes ele com a mão para que se calassem, contou-lhes como o Senhor o tirara da prisão, e disse: Anunciai isto a Tiago e aos irmãos. E, saindo, partiu para outro lugar.
18. E, sendo já dia, houve não pouco alvoroço entre os soldados sobre o que seria feito de Pedro.
19. E, quando Herodes o procurou e o não achou, feita inquirição aos guardas, mandou-os justiçar. E, partindo da Judéia para Cesaréia, ficou ali.
20. E ele estava irritado com os de Tiro e de Sidom; mas estes vindo de comum acordo ter com ele, e obtendo a amizade de Blasto, que era o camarista do rei, pediam paz; porquanto o seu país se abastecia do país do rei.
21. E num dia designado, vestindo Herodes as vestes reais, estava assentado no tribunal e lhes fez uma prática.
22. E o povo exclamava: Voz de Deus, e não de homem.
23. E no mesmo instante feriu-o o anjo do Senhor, porque não deu glória a Deus e, comido de bichos, expirou.
24. E a palavra de Deus crescia e se multiplicava.
25. E Barnabé e Saulo, havendo terminado aquele serviço, voltaram de Jerusalém, levando também consigo a João, que tinha por sobrenome Marcos.

Pr. Waldir Pedro de Souza
Bacharel em Teologia, Pastor e Escritor.




segunda-feira, 24 de julho de 2017

JESUS CRISTO VOLTARÁ



JESUS CRISTO VOLTARÁ


Nada melhor do que a gente procurar algo quando não sabemos onde podemos encontrar aquilo que procuramos.

Só sabemos que temos que procurar até achar. Todas as pessoas que se interessam por algo de bom e de melhor em suas vidas, vão lutar, vão buscar, vão sonhar, vão correr atrás até encontrar. Num mundo conturbado e de tantas inovações teológicas fica difícil das pessoas saberem discernir como e onde encontrar a verdade da Escatologia, mas aqueles que procuram no lugar certo e com a pessoa certa vão encontrar. O lugar certo é na presença de Deus e a pessoa certa é o próprio Deus. Se temos que procurar em algum lugar então vamos procurar no lugar certo, que é a nossa bússola, a palavra de Deus, a Bíblia Sagrada; vamos procurar aprender com o Espírito Santo de Deus que vai revelar as verdades eternas da Palavra de Deus para nós.

A verdade é o que todo mundo está vendo, mas a maioria finge que não vê, que o tempo do fim chegou não importando o quanto de tempo ainda vai durar, é só aguardar olhando firma para Jesus Cristo o autor e consumador da nossa fé. Tantas pessoas apressadas marcaram datas para Jesus voltar, porém Deus não tem pressa, a única pressa que Deus tem é que se você ainda não aceitou Jesus como Senhor e Salvador da sua vida que o faça o mais rapidamente possível, porque Jesus Cristo vem, essa foi a promessa de Deus em Gênesis 3.15 e o contexto deste versículo. Já vemos e sentimos os acontecimentos do apocalipse e todas as suas consequências. As evidências da natureza com tantas catástrofes e o mundo cada vez mais apóstata e distanciado de Deus nos mostram que quanto mais o ser humano tem riquezas mais ele pende para ser materialista e quer subjugar seus semelhantes, não importando que para isso tenha que matar e destruir aqueles que são contrários.

O século XXI chegou, já entramos na segunda década da pós-modernidade e mesmo que os homens tenham marcado dezenas de datas para Ele, Jesus, voltar, porém Jesus Cristo ainda não voltou; mas a Bíblia sagrada que é a verdade absoluta de Deus para os homens, nos garante peremptoriamente que Ele, Jesus o filho de Deus, voltará para arrebatar os seus, para arrebatar sua igreja amada, a noiva do Cordeiro. 

Ele, Jesus, virá antes dos acontecimentos daquele dia, o chamado dia da ira de Deus sobre a face da terra. Ele, Jesus, não marcou data para voltar, o Pai não marcou dia para seu Filho voltar; nos evangelhos e em outras partes da Bíblia Jesus deixou bem claro os acontecimentos que precederiam a sua volta e nos dias hodiernos já estamos sentindo e vendo claramente que tudo nos mostra que Cristo vai voltar a qualquer momento, no tempo e pela ordem de Deus o Criador. A igreja do Senhor Jesus já sente o princípio das dores, porém continua de cabeça erguida esperando a volta de Cristo que é o autor e consumador da nossa fé. Maranata, ora vem Senhor Jesus.

Um estudo escatológico deve ser sempre atualizado de acordo com os acontecimentos, porém, nada poderá mudar as veracidades apocalípticas que Deus o criador do universo determinou desde a fundação do mundo. Com este propósito é que buscamos nos aproximar das atualidades bíblicas para o século XXI; aguardamos com ansiedade a chegada, depois do ministério terreno de Jesus, sua morte, ressurreição e ascensão, do maior evento escatológico esperado pela igreja de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo: O arrebatamento da igreja. 

Vejam o texto bíblico de Mateus 24.3-44.

3 No monte das Oliveiras, achava-se Jesus assentado, quando se aproximaram dele os discípulos, em particular, e lhe pediram: Dize-nos quando sucederão estas coisas e que sinal haverá da tua vinda e da consumação do século.
4 E ele lhes respondeu: Vede que ninguém vos engane.
5 Porque virão muitos em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo, e enganarão a muitos.
6 E, certamente, ouvireis falar de guerras e rumores de guerras; vede, não vos assusteis, porque é necessário assim acontecer, mas ainda não é o fim.
7 Porquanto se levantará nação contra nação, reino contra reino, e haverá fomes e terremotos em vários lugares;
8 porém tudo isto é o princípio das dores.
9 Então, sereis atribulados, e vos matarão. Sereis odiados de todas as nações, por causa do meu nome.
10 Nesse tempo, muitos hão de se escandalizar, trair e odiar uns aos outros;
11 levantar-se-ão muitos falsos profetas e enganarão a muitos.
12 E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor se esfriará de quase todos.
13 Aquele, porém, que perseverar até o fim, esse será salvo.
14 E será pregado este evangelho do reino por todo o mundo, para testemunho a todas as nações. Então, virá o fim.
15 Quando, pois, virdes o abominável da desolação de que falou o profeta Daniel, no lugar santo (quem lê entenda),
16 então, os que estiverem na Judéia fujam para os montes;
17 quem estiver sobre o eirado não desça a tirar de casa alguma coisa;
18 e quem estiver no campo não volte atrás para buscar a sua capa.
19 Ai das que estiverem grávidas e das que amamentarem naqueles dias!
20 Orai para que a vossa fuga não se dê no inverno, nem no sábado;
21 porque nesse tempo haverá grande tribulação, como desde o princípio do mundo até agora não tem havido e nem haverá jamais.
22 Não tivessem aqueles dias sido abreviados, ninguém seria salvo; mas, por causa dos escolhidos, tais dias serão abreviados.
23 Então, se alguém vos disser: Eis aqui o Cristo! Ou: Ei-lo ali! Não acrediteis;
24 porque surgirão falsos cristos e falsos profetas operando grandes sinais e prodígios para enganar, se possível, os próprios eleitos.
25 Vede que vo-lo tenho predito.
26 Portanto, se vos disserem: Eis que ele está no deserto!, não saiais. Ou: Ei-lo no interior da casa!, não acrediteis.
27 Porque, assim como o relâmpago sai do oriente e se mostra até no ocidente, assim há de ser a vinda do Filho do Homem.
28 Onde estiver o cadáver, aí se ajuntarão os abutres.
29 Logo em seguida à tribulação daqueles dias, o sol escurecerá, a lua não dará a sua claridade, as estrelas cairão do firmamento, e os poderes dos céus serão abalados.
30 Então, aparecerá no céu o sinal do Filho do Homem; todos os povos da terra se lamentarão e verão o Filho do Homem vindo sobre as nuvens do céu, com poder e muita glória.
31 E ele enviará os seus anjos, com grande clangor de trombeta, os quais reunirão os seus escolhidos, dos quatro ventos, de uma a outra extremidade dos céus.
32 Aprendei, pois, a parábola da figueira: quando já os seus ramos se renovam e as folhas brotam, sabeis que está próximo o verão.
33 Assim também vós: quando virdes todas estas coisas, sabei que está próximo, às portas.
34 Em verdade vos digo que não passará esta geração sem que tudo isto aconteça.
35 Passará o céu e a terra, porém as minhas palavras não passarão.
36 Mas a respeito daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos dos céus, nem o Filho, senão o Pai.
37 Pois assim como foi nos dias de Noé, também será a vinda do Filho do Homem.
38 Porquanto, assim como nos dias anteriores ao dilúvio comiam e bebiam, casavam e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca,
39 e não o perceberam, senão quando veio o dilúvio e os levou a todos, assim será também a vinda do Filho do Homem.
40 Então, dois estarão no campo, um será tomado, e deixado o outro;
41 duas estarão trabalhando num moinho, uma será tomada, e deixada a outra.
42 Portanto, vigiai, porque não sabeis em que dia vem o vosso Senhor.
43 Mas considerai isto: se o pai de família soubesse a que hora viria o ladrão, vigiaria e não deixaria que fosse arrombada a sua casa.

44 Por isso, ficai também vós apercebidos; porque, à hora em que não cuidais, o Filho do Homem virá.

Pr. Waldir Pedro de Souza
Bacharel em Teologia, Pastor e Escritor